Krabi, Tailândia


Sawadee Kaa (olá em Thai),

Sejam bem vindos a exótica e deslumbrante Tailândia.

Contaremos nesse blog nossa entrada em território Tailândes e nossa ida para Krabi, onde desfrutamos das mais belas paisagens e Ilhas paradisíacas da região. Passamos 1 mês na Tailândia que contaremos em três blogs por conta de tantas coisas interessantes que fizemos, lugares lindos que conhecemos e fotos sensacionais que tiramos. O primeiro blog será o Quintal de Krabi e suas ilhas, o segundo contaremos sobre Bangkok, capital e coração do país, e por último falarei de Chiang Mai, a região Norte da Tailândia, onde fizemos cursos de culinária e caminhadas com elefantes.

Bom! Vamos que vamos, estou super empolgada para contar!

PISANDO EM SOLO TAI

Depois de alguns dias na cidade de Penang, deixamos a Malásia e seguimos até a vizinha Tailândia. Compramos nossa passagem de Van com destino Krabi, que fica na região sul do país. A viagem seria de 14h, com paradas para comer, trocar de van e ir ao banheiro. Depois de algumas horas chegamos na fronteira entre a Malásia e a Tailândia, todos fomos até a alfândega carimbar nossos passaportes e retirar o visto de entrada na hora. Quando chegou nossa vez, o policial falou que brasileiro teria que ir para outro departamento. Entramos em uma sala, preenchemos o formulário e recebemos em nosso passaporte 90 dias para permanecemos no país. Fomos os únicos com essa quantidade de dias, os demais turistas receberam de 15 a 30 dias. Parece que o Brasil tem um acordo com a Tailândia. Que maravilha! Fica a dica.

Da fronteira seguimos para outra cidade, onde paramos para trocar de van e também almoçar. Aguardamos a chegada do nosso segundo transporte do dia para então partir ao destino final. Chegamos em Krabi no final da tarde e a van nos deixou no centro da cidade, sendo que o combinado era para deixar a todos os turistas na praia. Desembarcamos então na frente de uma borracharia e no meio de um centro caótico. Conversamos com todos os turistas e dividimos uma espécie de taxi-camionete. Foi muito difícil a comunicação com o motorista, que como sempre queria pedir muito mais do que realmente valia a corrida. Depois de um pouco de stress e muita conversa, chegamos enfim ao nosso destino, Ao Nang Beach. Todo o percurso de Penang até Ao Nang Beach durou 14 horas, uma viagem bem cansativa!

AO NANG BEACH

Quando chegamos já sentimos uma atmosfera de praia, calor e umidade. Caminhamos pela rua principal e fomos checar algumas pousadas e hotéis. Depois de muito andar encontramos um perfeito e de fácil acesso para a praia. Nos hospedamos no Easy Room, um hotel bem diferente dos que já havíamos ficado, ele foi todo construído com ferro e vidro, super moderno! O quarto era bem aconchegante e tínhamos muitas facilidades como: tv, ar condicionado, frigobar, uma espécie de mini cozinha e uma deliciosa cama. Tudo por um preço inacreditável ($8,00), já havíam nos falado que a Tailândia era mais acessível para o bolso, esse foi só o primeiro demonstrativo!

O hotel estava localizado no centrinho e a 5 mim da orla praia. Na saída do hotel dávamos de cara com salão de cabeleireiro, restaurantes e casas de massagem tailandesa. Nessa eles faziam até massagem nos pés com peixes, onde você mergulha seus pés em um aquário e um cardume de peixinhos prateados ficam bicando bem suavemente seus dedos e pés, não experimentamos, eu morro de agonia só de pensar e o Ro estava com os pés ainda cicatrizando dos cortes na Indonésia.

Além de massagens, podíamos escolher todos os dias onde comeríamos, tínhamos uma boa variedade de restaurantes entre indianos, japonês, italianos, chinês e é claro Thai! Além de muitas comidas de rua, barraquinhas vendendo frutas e sucos naturais, e outras opções. A Rua era bem longa, se estendendo até a praia e seguindo por toda a orla, onde mais tinham muito mais restaurantes, de frente para a praia e quase todos servindo frutos do mar como carro chefe! Uma atmosfera romântica e de charme! Mas ficamos com a comidas de rua, eram uma delicia e muito mais barato. Quase todos os dias comíamos churrasquinho de frango com arroz e salada de cebolinha, acompanhada sempre de um suco de frutas.

Comidas de rua de Ao Nang, Tailândia

Ao Nang Beach, é uma praia base, de onde saem todos os passeios para as inúmeras ilhas da região. Muitos turistas desembarcam nela, passam uma noite e na manhã seguinte pegam o barco para a famosa ilha de Ko Phi Phi, mais ou menos 1h30 de barco. Para nós, Ao Nang foi uma base e de onde fizemos todos os passeios para conhecer as praias e ilhas da região. Essa parte do país é bem turísticas com várias empresas oferecendo pacotes de passeios diários.

Depois de alguns dias pesquisando o que praias e ilhas iríamos conhecer, escolhemos a praia de Rai Lay Beach, o complexo de ilhas Ko Hong Islands, a ilha Ko Phi Phi, a baía de Maya Bay e por último a ilha Poda Island. Saíamos sempre da orla da cidade para fazer esses passeios e nosso meio de transporte eram os famosos barcos tailândes (Foto a baixo).

Orla de Ao Nang – nosso porto de saída para todos os passeios

A Praia “RAI LAY BEACH”

Nosso primeiro passeio foi para a praia de Rai Lay Beach. Seguimos a indicação de Rodrigo e Maria (casal já conhecido em nossos Quintais), eles passaram a lua de mel na Tailândia e nos deram a dica de muitos lugares e passeios para fazermos. Um deles foi Rai Lay! Este passeio fizemos por conta própria, não reservamos nada com nenhuma agência. É bem simples de fazer sozinho, basta seguir a rua em direção à praia, que você verá do seu lado esquerdo um guichê que vende passeios com barcos públicos para todas as praias e ilhas. Fechamos o nosso passeio para Rai Lay que nos custou $12 ida e volta, e o trajeto durou 20min por um mar calmo e verdinho. Desembarcamos na praia de Rai Lay East (Leste), em uma manhã de sol e céu azul. Dia perfeito para curtir uma praia, o mar e passar o dia todo tomando sol e nadando em águas transparentes.

A caminho de Rai Lay Beach

Rai Lay é famosa por escaladas, há muitas pedras de diferentes níveis e alturas para escaladores, experiêntes e iniciantes. Aqui você tem três opções de praia, Rai Lay Leste, (a que você chega de barco, com restaurantes e hotéis de frente para o mar), Rai Lay Oeste e Phranang Cave Beach, essas duas com acesso por uma trilha bem tranquila, passando por hotéis e algumas cavernas, além de ser uma rota dos escaladores. Na nossa opinião uma das mais belas praias da viagem. Fantástico! As paisagens da exótica Tailândia estavam sendo desvendadas…

Rai Lay Beach, um paraíso para os escaladores

Rai Lay Beach

As Ilhas “KO HONG ISLAND”

Este passeio, fizemos com uma agência de turismo, pois o pacote saía mais em conta, pois estava incluso todo o trajeto de barco, snoorkiling, almoço e um total de 5 ilhas que conheceríamos. Esse passeio dura o dia todo e podem ser feitos com barcos tradicionais de madeira, motor simples e mais lentos, ou com lanchas rápidas e modernas, os “speed boats”. Optamos pelo modo tradicional, além de ser mais barato não estávamos com presa.

Bom! Deixamos a praia de Ao Nang Beach e seguimos de barco para a nossa primeira parada, uma pequena ilha de pedras ideal para mergulhar e ver peixinhos coloridos. Depois seguimos para outra ilha, onde curtimos a praia, mergulhamos e fotografamos, essa com uma pequena faixa de areia formando duas praias. Dessa seguimos para outra ilha para almoçar, o prato do dia foi frango frito, com arroz frito em estilo Tai, frutas e água. Aqui vimos muitos peixes coloridos nadando em volta dos turistas, ouriço do mar gigante e claro, águas transparentes. Nossa próxima parada foi em uma baia de água incrivelmente verde e com alguns manguezais. Por último a tão esperada ilha de Ko Hong, de todas essa foi a mais linda! Nem preciso falar mais as fotos a seguir falam por si!

Nossa segunda parada

Ko Hong Island

UM DIA SEM ROTEIRO PARA RELAXAR

Esse dia decidimos não fazer nenhum passeio para outras ilhas e saímos para explorar a praia de Ao Nang. Caminhamos de ponta a ponta e percebemos que havia uma escadaria no canto esquerdo construída no meio da mata, que dava acesso a um resort. Decidimos conhecer e para chegar lá, subimos muitos degraus, passamos por vários macacos e conseguimos ver do alto uma outra praia. Uma praia tranquila, de areia amarelada e mar calmo, com somente um hotel com a praia praticamente exclusiva para os hospedes. Ficamos por lá o dia todo nela e só regressamos no final da tarde. Para completar toda a riqueza e contentamento, no final da trilha vimos muitos macacos, uns bebendo água, outros em grupo e outros comendo frutas. Foi uma cena dourada!

Ao Nang Beach

BAMBOO ISLAND, MAYA BAY E KO PHI PHI

Este passeio também fizemos com um agência de turismo, por conta do custo benefício. Deixamos Ao Nang Beach e seguimos dessa vez com Speed Boat, pois as ilhas que iríamos visitar eram muito afastadas uma das outras. Nossa primeira ilha foi Bamboo Island, provavelmente a melhor de todas, sensacional! Que lugar maravilhoso e lúdico. Relaxamos, caminhamos pela ilha, fotografamos e claro entramos de cabeça no azul turquesa!

Bamboo Island

Nossa segunda parada foi para conhecer a famosas baía de “Maya Bay”, onde foi gravado o filme A Praia, com Leonardo Dicáprio. Bom! no filme a praia estava completamente intocada, quase ninguém conhecia e só conseguia chegar nela através do mapa (vale assistir o filme). Completamente diferente do cenário atual.

Quando chegamos próximo avistamos vários barcos passando para lá e para cá, cheios de turistas. Assim como nós. As montanhas de pedra e vegetação foram abrindo caminho para mostrar toda a beleza de um mar verde se tornando azul turquesa. O visual foi mudando à medida que o barco se aproximava da Praia. Minha nossa! quantos barcos ancorados e quanta gente, estava parecendo as praias badaladas do Brasil no carnaval. Maya Bay já não é mais a mesma, encontramos plásticos, garrafas, lixo e até absorvente. Turistas por todos os lados, gente gritando, barulho de motor de barco o tempo todo.

Fiquei tentando imaginar a mesma cena que havia visto no filme e sentir a mesma paz e beleza. Foi um pouco difícil, porém, com um pouquinho de imaginação e se afastando de todo aquele barulho, ficamos em um canto mais isolado, fechamos os olhos e conseguimos sentir a energia daquela tão bela Praia.

Maya Bay

Nossa última parada foi na praia de Ko Phi Phi, fizemos nosso almoço e depois saímos para conhecer a ilha. Essa estava transbordando de turistas, hotéis e restaurantes. Uma ilha jovem, com festa e com uma vida noturna intensa. Valeu ter conhecido, porém, preferimos ficar hospedados em Ao Nang Beach.

Ko Phi Phi

UM DIA MÁGICO, PODA ISLAND

Decidimos conhecer mais uma ilha por nossa conta, queríamos um pouco de sossego e água fresca. Fomos então para a Poda Island, ha 20 min de barco (estilo Tai) da praia de Ao Nang. Saímos bem cedo e quando avistamos a ilha e ela estava vazia, sem turistas, sem barcos, sem barulho, uma completa paz. Desembarcamos feliz da vida e fomos caminhar e conhece-la. Encontramos um cantinho para ser nosso naquele dia. Um lugar isolado e mágico! Aqui encontramos até um trator, todo enferrujado, troncos de árvores caídos na areia e muitas árvores e mata densa.  A cor do mar em contraste com a areia branca, as árvores e o céu azul, era inesplicável. Aproveitamos aquele mar deliciosamente quente, transparente e calmo. Passamos o dia todo na ilha e no final de tarde o barco foi nos buscar para retornamos. Um dia Mágico e inesquecível para nós dois!

A CAMINHO DE BANGKOK

Passamos mais dois dias em Ao Nang Beach, organizamos nossas coisas e compramos nossas passagens de ônibus para Bangkok. Deixamos Ao Nang no final da tarde com um taxi-camionete, rumo ao terminal de ônibus de Krabi. Aguardamos nosso ônibus, que teve um pequeno atraso de mais de 4horas. Normal para a Tailândia! Depois seguimos em um ônibus over-night para Bangkok. Mais nossa chegada, e estadia no coração da Tailândia, contaremos no próximo Quintal. Até lá!

Beijos e Abraços

Priscila e Rodrigo

Anúncios

4 Respostas para “Krabi, Tailândia

Deixe aqui o seu comentário sobre nossos quintais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s