Penang, Malásia


Olá,

Mudamos nossos planos!

Nosso plano era passar uma semana em Kuala Lumpur, voar até Chiang Mai (Norte da Tailândia) e regressar de trem e ônibus, conhecemos alguns dos destinos mais atraentes da Ásia.  Acontece que tivemos um pequeno contratempo e quis o destino (melhor pensar sempre assim), que ficássemos um poucos mais na Malásia. Vou contar o que aconteceu!

Nosso voo para o Norte da Tailândia sairia as 7h da manhã, com isso acordamos de madrugada e aguardamos na entrada do prédio o taxista que havíamos combinado na noite anterior. Passado 30min de espera do horário combinado e nada do taxista, resolvemos sair pela rua e encontrar outro taxista. Eram 4:30 da manhã e não havia quase ninguém na rua, muito menos taxi. Por sorte encontramos um que estava levando um passageiro para casa e nos disse que retornaria em 5min. Este cumpriu com sua palavra e 5 min depois nos apanhou para levar até o aeroporto.

Estava indo tudo bem, quando no meio do caminho ele errou uma entrada, e em Kuala Lumpur, quando se erra uma entrada, você tem que rodar muito para encontrar um retorno. Andamos quase 20km para achar um retorno, e a essa altura o relógio já dizia que perderíamos o voo. Chegamos no aeroporto com 30mim para o voo sair, fizemos uma tentativa inútil de ir até o check in, mais não nos deixaram entrar, o check in é finalizado 40 min antes do voo. Perdemos o primeiro voo das nossas vidas, por apenas 10 min e dois taxistas, um que não apareceu e o outro que errou o caminho. Paciência!

Ficamos chateados de início, porém, resolvemos aceitar e entender que todos os contratempos seriam avisos para não embarcarmos naquele voo. Depois de um tempo parado e pensando, decidimos então mudar os nossos planos. Faríamos o caminho contrário do original, agora iríamos viajar por terra até o norte da Tailândia e de lá pegar um voo de volta para Kuala Lumpur. Saímos do aeroporto e pegamos um ônibus para o terminal rodoviário que fica no centro de Kuala Lumpur, para de lá decidir para onde iríamos.

INDO PARA PULAU PENANG

Chegando na rodoviária, já tínhamos algumas ideias de lugares que queríamos conhecer. Checamos alguns destinos em relação a preço e distância, e escolhemos pegar um ônibus para Pulau Penang (ainda na Malásia) antes de seguir viagem para a Tailândia.

Penang é considerada pelos livros de turismos como um local gastronômico, sem muitos outros atrativos. Aproveitamos a sua gastronomia variada e o que a cidade tinha de melhor e mais agradável, como: museus, galerias, restaurantes, cafés, templos e o rítimo de vida calmo de Penang.

Igreja, Museus e orla!

UMA CIDADE COM VÁRIOS POVOS

Em Penang, assim como em Kuala Lumpur a mistura entre os povos é muito forte e marcante. Encontramos a Little Índia, Chinatown, Mesquitas, Templos Hindus, Budistas e Igrejas, todos vivendo em PAZ E HARMONIA. O bairro que mais frenquentamos nesses dias que passamos pela cidade foi a Little Índia, adoramos a comida apimentada e o estilo das roupas que eles vestem. A partir de Penang ficamos com muita vontade de conhecer a Índia (onde estamos escrevendo esse blog). Foi muito bom ter um contato direto com indianos, chineses, tailandeses e malais que encontraram um equilíbrio entre povos e religiões.

Little Índia, Mesquita, marcos e monumentos!

SABOR DA ÍNDIA

Provamos vários comidas indianas em Penang. Comemos em restaurantes vegetariano e não vegetarianos. Alguns pratos a boca ardia, a lágrima escorria e o nariz pingava, tudo muito apimentado para o nosso paladar, mas muito gostoso. Experimentamos um pão com queijo que lembrava bastante uma tortilha mexicana, com frango acompanhado de vários molhos e especiarias, tudo servido separado em pequenos recipientes (eu acho o máximo!). Alguns dias criamos coragem e provamos algumas comidas de rua, uma experiência bem interessante.

Comidas de rua!

ARQUITETURA DE PENANG 

Penang é uma cidade costeira, o mar faz parte do cotidiano, assim como a pesca e os barcos. Aqui se pode caminhar por uma orla pavimentada e apreciar a brisa do mar, muitas famílias locais e turistas tiram os finais de semana para dar um passeio pela orla ou ainda se esticar em um grande gramado de frente para o mar. Esta area da cidade está cercada de casarões antigos e charmosos. Uma mistura de estilos e arquitetura rodeiam a cidade. Falando em casarões, dois deles serviram de cenário para o filme Ana e o Rei. As filmagens eram para terem sido gravadas na Tailândia, já que o tema aborda a vida de um rei tailandes, porém, o governo não autorizou, então decidiram buscar uma arquitetura parecida para realizarem as filmagens e Penang foi a cidade escolhida. Visitamos os dois casarões, um era para se apreciar apenas a área externa e a construção, e o outro era em estilo tailandes e chines todo decorado. Este último pertenceu a uma família da alta sociedade chinesa. Dá para imaginar como era dentro né? Adoramos tudo!

Por dentro do casarão!

BRASILEIRO EM PENANG

Em uma manhã em nosso albergue, encontramos com um brasileiro no café-da-manhã, Pedro, de Minas Gerais, que hoje vive no Rio de Janeiro. Pedro estava viajando por toda a Ásia há alguns meses e nos deu dicas preciosas de alguns lugares que havia passado. Saímos para almoçarmos juntos e continuar a nossa conversa. Ele nos falou muito bem de nossa próxima parada, Krabi, região Sul da Tailândia. O Ro descobriu que eles tinham conhecidos em comum em Maceió. Pedro falou que conhecia o Oswaldo Viegas, pai de um de seus amigos de infância do Ro. Que conhecidência no meio da Malásia!

<

p style=”text-align:center;”>Pedro e Pri – Ro e Pedro

A CAMINHO DA TAILÂNDIA

Bom! depois da mudança de planos, tudo deu certo e agora iríamos deixar a Malásia para entrar na Tailândia, cruzaríamos a fronteira de onibus com destino a região de Krabi, no sul da Tailândia. Uma região cercada de ilhas paradissíacas e local de beleza única no mundo. Uma região com ilhas famosas como a Ilha de Ko Phi Phi, onde foi gravado o filme “A Praia” com Leonardo DiCaprio, e a Ilha James Bond, onde foi gravado o filme 007.

Mais essa estória, de Ko Phi Phi, Krabi, e muito outras ilhas contaremos no próximo blog, que está repleto de imagens sensacionais e paradisíacas. Aguardem mais um emocionante Quintal.

Beijos e Abraços

Priscila e Rodrigo

Anúncios

Uma resposta para “Penang, Malásia

  1. Olááááá!
    Eu li esse blog no dia que vcs postaram, mas ainda não tinha comentado…

    Achei TUDO muito lindo, e mais uma vez não posso deixar de comentar sobre as pessoas que Deus coloca em nossos caminhos…é tão saber que no meio de tanto caos, desconfianca, maldade, há pessoas extremamente aberta a ajudar o próximo, a dividir suas experiências…sua vida! Acho isso extremamente importante para mantermos a esperança em dias melhores…

    Adorei a arquitetura, a diversidade cultural que vcs encontraram num só local, os macacos…ah, os macacos…não tem como, Pri! Sempre que leio algo sobre eles aqui, lembro de vc, do óculos…do japonês! kkkkkkk

    É isso…fiquem com Deus!
    E que venham os próximos quintais… beijos!

Deixe aqui o seu comentário sobre nossos quintais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s