Nexpa e Mexico City (I), México


Feliz Navidad, super atrasada!!!

Neste blog tivemos a participação muito especial da minha querida sogrinha, Teresa Villela. Ela veio nos visitar direto de Brasília para passar o Natal, o meu Aniversário e o Ano Novo juntos. Só que para tudo dar certo teríamos que escolher uma cidade interessante para dividir tantos momentos especiais. Foi então que depois da festa da Virgem de Guadalupe e das guloseimas de Morélia, partimos para a famosa praia de Barra de Nexpa, no litoral do estado de Michoacán. Fomos para o Ro surfar, encontrar com nossos amigos australianos e decidir se passaríamos o Natal por lá com minha sogrinha.

Teresa Villela - Minha sogrinha

Quando chegamos em Barra de Nexpa o ônibus nos deixou na pista há quase 2km do povoado. Tivemos que caminhar com todas as nossas bagagens por uma estrada de terra, até que por sorte, uma boa alma apareceu no meio do caminho e nos deu carona na caçamba de sua pick up. Checamos algumas cabanas e escolhemos uma de frente para as ondas.

Carona...

Nossa Cabana!

Pôr-do-sol em Nexpa.

Nexpa, como é conhecida por seus habitantes, é uma praia simples, sem nenhum luxo, com areias escuras, pedras e algumas madeiras trazidas pelo mar. Além do mais possui um belo rio de águas manças mas com alguns crocodilos camuflados no meio do mangue. Em Nexpa, 90% dos visitantes são surfistas e o restante divididos entre suas namoradas e pescadores locais.

Nexpa

As ondas de Nexpa e o rio

Longas Esquerdas

As namoradas do Surfistas

No dia seguinte da nossa chegada fomos ao encontro dos nossos amigos australianos que estavam a algumas cabanas de nós. Nos encontramos e aproveitamos para curtir o sol, a praia, as ondas e também o rio com seus crocodilos. Combinamos então de passarmos o Natal juntos, mas para isso acontecer teríamos que buscar a mãe do Ro na Cidade do México e retornar de ônibus.

Durante os dias que ficamos por lá o Ro aproveitou para surfar as mundialmente famosas ondas de Nexpa.  Aproveitamos também para procurar um local mais gradável para passarmos o Natal com minha sogrinha. Escolhemos o Hotel Dayz que fica em Caleta de Campos bem próximo a Nexpa. Um hotel bem gostoso com suítes confortáveis, café da manhã e até piscina. Reservamos para o Natal e fomos ao encontro de Teresa.

Chegamos na Cidade do México à noite depois de 12 horas de ônibus, e mesmo cansados colocamos nossas mochilas nas costas para checar alguns albergues no centro. Por sorte encontramos um bem próximo dos principais pontos turísticos da cidade, o Hostel Mundo Joven Catedral. Entretanto só tinha vaga para uma noite e quase todos os hoteis e albergues do centro estavam lotados.

Hostel Mundo Joven Catedral

Tenho que contar mais uma história para vocês. Quando chegamos no albergue super cansados e doidos por banho quente, abri a minha mala e dei de cara com uma bela barata, que ainda estava vivinha!!! Que Medo!!! Fiquei pensando que jamais tinha carregado uma barata nas costas e ficado tão próxima dela…Larguei a mochila na hora e o Ro deu um fim à pobre barata.

No dia seguinte fomos procurar alguns hotéis para receber a Teresa. Encontramos o Hotel Catedral, com um estilo colonial e localizado de frente para a cathedral, a mais importante construção do centro histórico. Porém, só tinha vaga para depois do Natal e antes de provar a cama macia do Hotel Catedral, minha sogrinha teria que passar por uma noite em um albergue que encontramos vaga, o Hostal Amigo, para depois irmos para Nexpa.

Enquanto o dia de recebe-la não chegava, aproveitamos para passear e conhecer alguns pontos turísticos e museus da cidade. Fomos ao Museu da Frida Kahlo, A Casa Azul, para mim uma das artistas mais importantes da história e uma das principais artista Mexicana. O museu também tem participação e obras de Diego Rivera, seu esposo, o maior muralista de todos os tempos e o mais consagrado artista Mexicano. Passeamos pelo bairro de Coyoacán, onde viveu Frida e Diego, visitamos o mercado do bairro, provamos mais comidas típicas e checamos alguns artesanatos locais. O restante da cidade deixamos para conhecer na volta do Natal em Nexpa, junto com nossa convidada especial.

Museu A Casa Azul

Frida Kahlo

Por dentro da Casa Azul

Chegou o grande dia e fomos receber Teresa no aeroporto. Perguntamos no albergue se teríamos como chegar até o aeroporto de metrô e para nossa surpresa a resposta foi sim. O metrô nos deixou praticamente dentro do terminal internacional da Cidade do México, e pasmem, por apenas três centavos de pesos mexicanos. Acredito que a cidade de São Paulo precisa urgentemente de um metrô mais barato e que leve até o Aeroporto! Nesse quesito estamos atrasados em comparação com a Cidade do México.

Em fim, chegamos no aeroporto e aguardamos o horário do vôo super ansiosos. Estávamos na sala de desembarque em frente à porta de vidro quando olhamos para a imigração e observamos Teresa chegar e ser barrada. Havíamos feito algumas encomendas do Brasil para ela. Pedimos algumas comidinhas que estávamos com saudade. Sem poder fazer nada, ficamos observando os guardas tirarem item por item das malas e questionar  sobre o que seria cada comida. O problema maior é que Teresa não falava quase nenhuma palavra em espanhol. Perguntamos a um policial se poderíamos entrar só para traduzir as coisas, porém, ele não nos deixou. Ficamos alí parados e olhando as tentativas de explicações de Teresa. No final acredito que a comunicação de alguma maneira funcionou e por incrível que pareça ela conseguiu entrar no México com todas as comidinhas brasileras.

Recebemos nossa convidada com um abraço longo e apertado. O Ro estava encantado de saudade. Perguntamos a Teresa como ela conseguiu passar pela imigração, e ela disse que falou para a policial que o filho dela estava com saudades da comidinha de casa! Regressamos para o Albergue e quando chegamos no quarto entendemos porque ela havia sido barrada. O raio x detectou uma mala cheia de comidas, com: pão de queijo, esfiha de carne e de queijo , coxinha,  enrroladinho de presunto e de queijo, e ainda surpresas de uvas. Que delícia!!!

Teresa passou sua primeira noite em um albergue, uma experiência única para ela!

Primeira vez da sogrinha em um Hostel!

Tinhamos um dia na Cidade do México com minha sogrinha antes de ir para Nexpa. Aproveitamos para fazer um passeio de Turibus, um ônibus de turismo que percorre as ruas e os principais pontos turísticos da cidade. Durante o percurso ele faz algumas paradas onde você pode descer, ficar quanto tempo quiser e pegar o próximo que aparecer para retornar de onde iniciou. Em nosso passeio conhecemos alguns pontos turístcios, como: a Catedral, o Palácio do Governo, fontes, esculturas e alguns dos principais bairros. Um dos bairros que mais nos chamou a atenção pela quantidade de restaurantes finos, bares chiques e lojas de grife como cartier, foi o bairro Condesa. Depois de duas horas rodando a cidade, paramos em um importante shopping center, que a Teresa queria conhecer, e aproveitamos para almoçar. Caminhamos, conversamos, comemos e partimos para mais passeios.

Turibus

Passeio eficiente pela cidade!

Catedral da Cidade do México

Palácio do Goveno

Bairro Condesa

Entramos novamente no Turibus e dessa vez percorremos algumas avenidas com seus jardins impecáveis e algumas esculturas à mostra. Estávamos próximo de um dos museus mais importantes do México, o Museu de História e Antropologia da Cidade do México. Dizem que necessita dois dias para conhece-lo de tão grande que é. Ainda iríamos nele porém seria depois que retornássemos do Natal em Barra de Nexpa.

Escultura de cartas.

Fontes

No percurso ainda vimos o Museu de Belas Artes com sua arquitetura imponente, avistamos uma placa com o nome de La Villa,  onde se encontra a Basílica da Virgem de Guadalupe, e demos uma volta na praça principal do centro histórico. Nesta praça construíram uma árvore de Natal gigantesca e muito bonita, cercada de luzes e enfeites natalinos. Concluímos o passeio e o ônibus nos deixou no mesmo local que iniciamos.

Palácio de Belas Artes

La Villa.

Navidad

Retornamos para o albergue para pegar nossas bagagem e fomos de taxi para a rodoviária, agora com destino a Caleta de Campos, próximo de Nexpa, onde passaríamos o Natal com Jimmy e Bianca. Chegamos no outro dia de manhã no Hotel Dayz. Estavamos todos quebrados, cansados e famintos! Entramos em nossos quartos, descansamos um pouco e fomos tomar café da manhã. Mostramos o hotel para Teresa, demos uma passeada nas ruas e eu e o Ro fomos checar a praia de Caleta. Minha sogrinha foi descansar no quarto. Na manhã seguinte, acordamos e tomamos um café da manhã a la México, com: ovos, carne, salada, linguiça, feijão, panqueca, frutas e pães. Teresa ainda não estava acostumada com esse monte de comida pesada pela manhã, e apenas provou os ovos e os pães, já o Ro comia de tudo um pouco para provar.

Checamos também o que o hotel serveria na ceia de Natal, que aconteceria naquela noite. Fizemos nossa reserva e um delicioso jantar nos aguardava. Depois do café fomos visitar nossos amigos em Nexpa (5 min de Caleta) e aprensentá-los para Teresa. Passamos a tarde na praia, conversando e tomando coronas. Jimmy e Bianca voltaram para Caleta a tarde conosco para fazer algumas compras para nosso almoço de Natal do dia seguinte. Aproveitamos também para ligar para nossas familias e desejar Feliz Natal.

Cabana de Jimmy e Bianca

Voltamos para o hotel, tomamos um banho gostoso, nos preparamos para nossa noite natalina e fomos jantar. Os mexicanos não tem o costume de ceiar as 12h da noite no Natal, sendo assim entramos no ritmo mexicano e ceiamos às 20h. Tudo perfeito! Estávamos todos juntos conversando, comendo, bebendo um bom vinho e tirando várias fotos para guardar o momento que passamos com uma pessoa maravilhosa que foi até o México para nos visitar. Lembrando que ela nem fala espanhol. Muito corajosa essa sogrinha, obrigada Teresa, adoramos sua companhia, você fez toda diferença, sem você passaríamos a noite de Natal a sós.

Ceia de Natal

Amor

No outro dia fomos ao encontro de Jimmy e Bianca para almoçarmos juntos. Chegamos de manhã e a Bianca já havia preparado o almoço de Natal. Arrumamos a mesa, preparamos uma salada e o Ro vez um ceviche de peixe. Tudo estava muito gostoso e decorados com lindas flores colhidas do jardim. Para nosso almoço de Natal tivemos: frango, maionese com batatas, cenoura e milho, arroz com cenoura, salada de pepino e tomate, e claro algumas coronas!

Conversamos, rimos, bebemos e almoçamos em família. Teresa foi eleita a mamãe noel de todos nós. Foi um presente para todos.

Uhmmm, que delícia.

Família reunida!

Convidamos Jimmy e Bianca para tomar banho de piscina no hotel no dia seguinte, onde ficamos na piscina tomando sol, nos divertindo e aproveitando os últimos momentos juntos. Nos despedimos e marcamos um novo encontro só que dessa vez, na Austrália. A Cidade do México já nos esperava na próxima noite.

Adios Nexpa

Nexpa ficou para trás e seguimos para a Cidade do México na mesma noite, onde passaríamos o meu aniversário e o Ano Novo. Mas essa fica para o próximo blog. Aguardem mais aventuras dos Quintais do Mundo.

Bjs a todos

Priscila e Rodrigo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário sobre nossos quintais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s