San Diego, California (USA)


Hello Everybody!

Depois de uma boa temporada no México comendo tortilhas, tostando nas praias, surfando altas ondas, visitando ruínas e curtindo a companhia da minha sogrinha Teresa Villela, nos despedimos desse fascinante país e embarcamos para San Diego na California.

Fomos para os EUA pelos seguintes motivos: 1) fazer compras de eletrônicos, de roupas, de equipamentos de surf e de alguns acessórios para a viagem; 2) aproveitar para viver o “California Dreams” e surfar algumas das melhores ondas do mundo; e por último e mais importante, pegar o vôo para a Polinésia Francesa, nosso próximo Quintal.

Saímos da Cidade do México em uma madrugada fria e pegamos um vôo para Los Angeles, onde alugamos um carro para descer até San Diego. Tudo pronto, carro alugado, malas a dentro, caímos então na estrada com destino a casa do amigo do Ro, Demian Borba, que já mora a vários anos nos EUA. Antes de chegar em sua casa, passeamos pelas ruas da cidade para o Ro me mostrar algumas praias, pois ele já havia visitado a Califórnia alguns anos atrás. Paramos em uma praia com um visual e frio, pois era inverno nos EUA, e ficamos admirando nosso primeiro Sunset (pôr-do-sol) na Califa.

A placa do nosso carro

Sunset na Califa

Ro em nosso primeiro final de tarde

San Diego, Califórnia

Fomos então para a casa do Demian que mora junto com seu amigo Felipe Perrone, brasileiro, que assim como Demian está a vários anos na California. Felipe é gaúcho e paraquedista, e tem um companheiro aparentemente ranzinza, mais que na verdade é um doce, Joel, seu fiel cachorro, que tive a oportunidade de levar para passear alguns dias.

Ro, Demian e Felipe

Joel

Aproveitamos os primeiro dias para surfar, conhecer as praias de ondas e pegar algumas dicas com o Demian de lugares para fazer compras, pois ele não ficaria conosco durante a semana. Ele estava indo participar de um campeonato de Apps (Aplicativos para celulares e computadores) em Las Vegas, promovido pela AT&T. Demian tem uma empresa chamada Action Creation, que desenvolve aplicativos para várias empresas mundialmente conhecidas, como a BlackBerry. Tivemos a oportunidade de conhecer o escritório de sua empresa e ver alguns trabalhos realizados por ele e sua equipe. Parabéns pela coragem e dedicação de montar e tocar uma empresa fora do Brasil.

Ro se preparando para mais um dia de surf

Ro e Demian na AcionCreation

Depois que o Demian foi para Las Vegas, nós fomos visitar os vários outlets da cidade para comprar roupas, calçados, maquiagem, pranchas e equipamentos de surf. Eu comprei muitas coisas e algumas encomendas para a família. O Ro, além de outras coisas, comprou 02 pranchas e 01 capa com rodinhas para continuarmos nossa jornada, agora com 3 prachas. Seguimos a dica do Demian e compramos nossos equipamentos eletrônicos na Fry’s, uma loja com produtos de qualidade e excelentes preços.

Fry’s

O Ro no paraíso dos eletrônicos

Entre uma compra e outra saíamos para almoçar. Em nossa temporada no México, eu adquirir 5 kilos que não me pertenciam, então decidimos nos alimentar melhor. Por incrível que parece, o país dos fast foods tem várias opções de comidas saudáveis e foi isso que fizemos quase todos os dias. Comemos em excelentes restaurantes e supermercados, como um chamado WholeFoods, um mercado com produtos orgânicos e um buffet de saladas maravilhoso. Fomos também no SoupPlantation, uma rede de restaurantes especializados em saladas, soupas, pães e sobremessas, tudo por um preço justo e uma qualidade excelente, onde você poderia sempre repetir o quanto deseja-se.

Souplantation

Salad Bar do WholeFoods

WholeFoods

Adoramos a Califórnia e decidimos prolongar nossa estadia em San Diego por mais uma semana e adiar nossa passagem para o Tahiti. Um dos motivos foi a tela do nosso computador, que levaria mais uma semana para chegar. Também fizemos as contas do quanto gastaríamos no Tahiti ficando uma semana mais em relação a Califórnia. Foram muitas compras, optamos por uma semana a menos no Tahiti. Neste meio tempo que decidimos estender nossa estadia em San Diego, soubemos pela net que Demian havia ganhado o concurso em Las Vegas, junto com seu parceiro Doug. Avisamos para o Demian que ficaríamos mais uma semana e ele topou.

Quando regressou de Las Vegas, decidiu fazer um churrasco para comemorar a vitória. Chamou alguns amigos para assar uma carne, que teve Felipe como churrasqueiro, melhor impossível, pois ele além de gaúcho já havia trabalhado em uma churrascaria brasileira. Os convidados foram chegando, uma fogueira foi acendida no centro do jardim para aquecer a todos, umas taças de vinho para brindar a ocasião e amigos divertidos para repartir a emoção. O Ro encontrou também com seu amigo Clisley, que é de Sergipe e resolveu levar a vida em San Diego, ao lado da mulher (americana) e filha.

Churrasquinho brasileiro na Califa

o Churrasqueiro – Felipe

Amigos brasileiros

Joel de olho na carne

Não só de compras e comidas saúdaveis foi nossa estadia em San Diego, aproveitamos para viver as praias, as ondas e a cultura californiana, que tem alma de surfista. Ficávamos reparando o modo de levar a vida das pessoas em cada lugar que passávamos. Aqui o surf é um estilo de vida, não tem idade nem sexo, e não é esporte ou algum tipo de desafio. O surf está no sangue das pessoas e em todos os lados que víamos, desde as casas, carros antigos, bicicletas, mulheres, crianças e idosos, todos combinam com esse estilo.

Quando paravamos o carro para ver se tinha onda, e decíamos até a praia, ficava admirando a energia de cada lugar. Quase todos os dias fazia frio, porém, isso não afastava as pessoas da água e nem intimidava, pelo contrário, os estacionamentos estavam sempre cheios, e suas ondas mais ainda. Em um dia de boas ondas, cheguei a contar no mar mais 150 surfistas no mesmo pico (Praia de Swamis). Fiquei me perguntando se isso seria o sonho californiano ou o pesadelo? Tirando esse pequeno detalhe, a cidade é maravilhosa e encantadora.

Surf em Swamis – mais de 150 surfistas

Surf em Sunset Cliff

Sunset Clif

Bom! Compramos nossa tela do computador na internet, pois ninguém tinha para vender em todos os países que passamos. A tela quebrou na Guatemala e estávamos usando com muito sacrifício até quebrar de vez nos EUA. Esperamos 8 dias e infelizmente a tela não chegou a tempo, porém o Demian queria vender seu Mac e decidimos aceitar a oferta. Soubemos que a tela havia chegado no dia seguinte da nossa partida. Ok! A males que vem para o bem, estamos adorando o Mac, principalmente o Ro.

Acordamos cedo, dirigimos até Los Angeles, devolvemos o carro na locadora, e pegamos o transfer até o aeroporto. Califórnia ficou para trás, adoramos nossos dias e recomendamos para todos está bonita e atraente cidade de San Diego. Pegamos nosso vôo para o Tahiti com a empresa aérea Air Tahiti Nui, e já na porta da aeronáve as aeromoças nos esperavam em clima de polinésia, com longos vestidos floridos, falando francês, e com uma flor de jasmim presa ao cabelo.

Partindo para o Tahiti

Comemorando já no voo nossa ida para o Tahiti

Uma excelente empresa (raro nos dias de hoje) que nos serviram um comida deliciosa, muito vinho e champanhe que nos deixou embriagados, sem falar no atendimento de primeira. Mas a continuação dessa estória fica para o próximo blog, aguardem as belas imagens do Tahiti, Moorea e Bora Bora. Todas essas ilhas com a participação do meu sogro, o pai do Ro, que veio direto de Maceió para conhecer conosco esse pedaço do paraíso no meio do Oceano Pacífico.

Beijos a todos

Priscila e Rodrigo

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário sobre nossos quintais...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s